... como as coisas funcionam ...

O mundo nunca para. Às vezes você só precisa de uns cinco minutos estagnado, mas isso é impossível. Ele segue em frente sem se importar com o que você quer que aconteça. A vida também não é sua melhor amiga. Ela finge estar ao seu lado... E quando você menos espera se depara em um campo de batalha sendo bombardeado por todas as direções. Neste momento você só tem duas escolhas: Você pode correr... Tentar fugir - mas duvido que vá conseguir escapar - ou você pode ficar e encarar toda a situação de cabeça erguida - tenho certeza que ela terá medo e é provável que você a vença.

A única coisa que você jamais pode fazer, seja qual for a situação, é desistir. Assim você diz para a vida que ela está no controle e você perde todo o direito de tomar decisões... Ela irá te dominar e você só poderá abaixar a cabeça e obedecer... Por isso enfrente-a, não importa o quão difícil isso possa parecer... Pois Deus não lhe dá um fardo maior do que você possa carregar...

domingo, 13 de dezembro de 2009


Sabe, a nossa história é engraçada. É até difícil decidir por onde começar... É tanto para falar... E ao mesmo tempo tão pouco. Nós éramos bem pequenos, ou talvez, nem tanto assim, mas já faz tempo. (Essa não é uma história de amor, só para deixar bem claro, é uma história de amizade). De cara, amigos, depois uma longa separação. Não nos dávamos bem, nossa relação era mais para ver quem conseguia dar mais “patadas” no outro. Eu não te suportava, e pelo que me contaram, você também não tinha os melhores sentimentos por mim. Eu esperava só a oportunidade de alguém vir falar sobre você para mim poder começar a falar mau de ti. Isso já estava ficando meio monótono, mas sempre havia alguém para “tocar” no seu nome, aí eu não me aguentava e começava a falar também...
Pensei que jamais seriamos amigos. Acho que todos pensavam da mesma forma. Foi quando de repente tudo mudou. Por certo motivo, nós ficamos próximos, ainda não era como sermos MELHORES AMIGOS, mas já se notava uma amizade nascendo ali. Coisa que algum tempo depois achei que fosse pura falsidade, pois você continuava indiferente comigo. É verdade que agora sei o motivo... E até é um motivo considerado, mas depende do ponto de vista de quem ver. Você é meio complicado e às vezes isso me assusta. Mas agora já estou acostumada.
Ter você como amigo é mais do que eu poderia pedir a Deus... É bom ter sua amizade. A parte ruim disso tudo é que justo agora quando nos tornamos mais que amigos... É como se já fôssemos irmãos... É justo quando eu vou partir!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário